Home
Roda dos Alimentos  

A Roda dos Alimentos surgiu em 1977 durante a campanha "Saber comer é saber viver" e em 2003 foi reestruturada devido à evolução dos conhecimentos científicos e à alteração clara dos hábitos alimentares dos portugueses. Este projeto foi desenvolvido ao abrigo do programa Saúde XXI, através de um protocolo entre a Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e o Instituto do Consumidor.

Desta forma, foram subdivididos alguns dos grupos e acrescentado a água.

A Roda é uma ilustração gráfica que pretende ajudar a escolher e a combinar os alimentos que deverão fazer parte de um dia alimentar saudável. O seu formato em forma de roda pode ser facilmente identificado e associado a um prato vulgarmente utilizado e, para além disso, não hierarquiza os alimentos.

A Nova Roda dos Alimentos é constituída por 7 grupos de alimentos, os quais foram agrupados de acordo com as suas semelhanças e caraterísticas nutricionais, somando-se a água no centro. Além disso, a Roda estabelece porções diárias recomendadas e equivalentes entre os alimentos.



Este guia alimentar assenta em três regras fundamentais para a aquisição de uma alimentação saudável. Assim, a alimentação deverá ser:

Completa - Devem-se ingerir ao longo do nosso dia alimentos de todos os grupos.
Variada - Dentro de cada grupo devemos variar os alimentos ingeridos ao longo do dia.
Equilibrada - Devem-se respeitar as porções diárias recomendadas e as quantidades de equivalentes indicados.
 
A Roda dos Alimentos é constituída por 7 grupos alimentares. Estes estão divididos de acordo com a sua proporcionalidade, sendo que no centro se encontra a água uma vez que todos os alimentos são constituídos por este elemento e mais de 60% do nosso organismo é água, pelo que um dos objetivos é também alertar para o seu consumo em natureza.